Demonstre amor como se alguém estivesse olhando

Não é segredo que crianças estão sempre nos observando. Você sabe… e eu  também sei! Também sabemos que crianças copiam o que vêem. É igual a brincadeira do macaco disse, não é verdade? A ideia de assistir e aprender é útil quando você está tentando ensinar um bebê a empilhar blocos ou ensinar a um adolescente a dirigir. Mas não é tão conveniente quando uma criança aprende algo que não deveria aprender. Ou pior, quando eles não aprendem algo importante porque não tiveram um modelo.

Meus pais se separaram quando eu era muito jovem e, embora sejam grandes amigos agora, era uma coisa horrível e confusa. E uma década depois, os efeitos de tudo o que vi e ouvi quando era mais nova, se acumularam exemplos ruins na minha cabeça e vieram à tona quando comecei a namorar. E eles estavam lá quando eu fiquei noiva. E eles ainda estavam lá quando me casei. Nunca tinha testemunhado em primeira mão como era um relacionamento saudável, eu vagava um pouco como uma pessoa tropeçando em um quarto escuro. A propósito, meu então namorado / agora marido também veio de uma família maltratada, então pelo menos eu não estava tropeçando sozinha(embora eu tenha aprendido  que ‘dois erros não fazem um certo’). Tínhamos problemas de relacionamento ou tínhamos perguntas que precisavam desesperadamente de respostas, não tínhamos ninguém para quem perguntar.

Então, quando ele e eu nos tornamos os jovens pastores (e também líderes de pequenos de grupo) em nossa igreja local; recebemos um grupo de estudantes que vieram de lares desfeitos, imediatamente soubemos o que queríamos fazer. Queríamos ser modelos de um casamento divino. E nós queríamos fazer isso porque sabíamos como sofremos no começo com a falta de exatamente isso. Sabíamos que os garotos do nosso grupo estavam observando meu marido. Nós sabíamos que nossas meninas estavam me observando. Sabíamos porque tínhamos visto os adultos em nossas vidas e nós ou imitamos os erros deles ou tentamos corrigi-los sem saber como.

Nós não tivemos um casamento perfeito quando começamos a liderar nosso grupo. Dez anos depois, posso dizer com confiança que ainda não sabemos. Mas estávamos visando melhor do que vimos, e acho que fizemos um bom trabalho para algumas crianças cujos pais fizeram uma bagunça de amor. E enquanto meu coração era frequentemente quebrado por nossos liderados porque eles estavam experimentando tanto das mágoas que tínhamos quando tínhamos a idade deles, nós também tínhamos o poder de fazer algo sobre isso. Então, durante o louvor, quando nos sentamos com nossos liderados, meu marido e eu adorávamos juntos porque não tínhamos visto isso crescendo. Quando o pastor começou o chamado do púlpito, subimos juntos para orar, porque ninguém nos mostrou como fazer. E quando nós tivemos jovens em nossos pequenos grupos que começaram a namorar, nós fomos em encontros duplos com eles para que Jamie pudesse cutucar o rapaz e lembrá-lo de abrir a porta para a amada. Ou eu poderia encorajá-la a se contentar com apenas o melhor, porque ela valia a pena.

Seus liderados estão sempre observando – não importa quão jovens ou velhos sejam. Eles estão assistindo você para obter dicas e técnicas sobre como ser um adulto e sobre como ser uma pessoa. Você pode ter liderados do seu grupo que vêm de lares desfeitos ou que viram coisas que crianças de sua idade não precisam ver. E enquanto você não pode apagar seus passados, você pode impactar o futuro deles. Relacionamentos, sejam românticos ou entre amigos, são coisas complicadas para se navegar. Então, inspire relacionamentos saudáveis para os seus liderados. Mostre a eles como um casamento piedoso pode parecer. Mostre a eles como as amizades piedosas podem ser. Inspire-os a procurar bons relacionamentos. E incentive-os a acreditar em si mesmos e serem dignos de amor saudável. Você pode ser o único lugar onde eles podem ver este exemplo!

Escrito por Adriana Howard

Traduzido por Carina Cortat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *